Sentimentos


AMOR

Você está sozinho; você e a torcida do Flamengo.Em frente a TV devora dois pacotes de Doritos enquanto espera o telefone tocar.Bem que podia ser hoje, bem que podia ser agora, um amor novinho em folha. TRIMMM!!É a sua mãe, quem mais poderia?
Amor nenhum faz chamadas por telepatia. Amor não atende com hora marcada.Ele pode chegar antes do esperado e encontrar você numa fase galinha, sem disposição para relacionamentos sérios.Ele passa batido e você nem aí.Ou pode chegar tarde demais e encontrar você desiludido da vida, desconfiado, cheio de olheiras.O amor dá meia volta, volver.Porque o amor nunca chega na hora certa?Agora por exemplo, que você está de banho tomado de camisa e jeans.Agora que você está empregado, lavou o carro e está com grana para um cinema. Agora que você pintou o apartamento, ganhou um porta-retratos e começou a gostar de jazz.Agora que você está com o coração às moscas e morrendo de frio.O AMOR APARECE QUANDO MENOS SE ESPERA E DE ONDE MENOS SE IMAGINA.Você passa uma festa inteira hipnotizado por alguém, que nem te enxerga, e mal repara em outro alguém, que só tem olhos pra você.Ou então fica arrasado porque não foi pra praia no final de semana.Toda sua turma está lá, agarrando-se uns aos outros.Sentindo-se um ET perdido na cidade grande, você busca refúgio numa locadora de vídeo, sem prever que ali mesmo na locadora, irá encontrar a pessoa que dará sentido a sua vida.O amor é que nem tesourinha de cortar unha, nunca está onde a gente pensa.O jeito é direcionar o radar para o norte, sul, leste e oeste.Seu amor pode estar no corredor de um supermercado, pode estar impaciente na fila de um banco, pode estar pechinchando numa livraria, pode estar cantarolando sozinho dentro de um carro.Pode estar aqui mesmo no computador, dando o maior mole.O amor está em todos os lugares, você é que não procura direito.
A primeira lição está dada: o amor é onipresente.Agora a segunda: mas é imprevisível. Jamais espere ouvir "eu te amo" num jantar à luz de velas, no dia dos namorados.Ou receber flores logo após a primeira transa.O amor odeia clichês.Você vai ouvir "eu te amo" numa terça-feira, às quatro da tarde, depois de uma discussão, e as flores vão chegar no dia que você tirar a carteira de motorista, depois de aprovado no teste de baliza.

Idealizar é sofrer,
Amar é surpreender.

(Luís Fernando Veríssimo)


Vocabulário Para Netos

Adeus: É quando o coração que parte deixa a metade com quem fica.

Amigo: É alguém que fica para ajudar quando todo mundo se afasta.

Amor ao próximo: É quando o estranho passa a ser o amigo que ainda não abraçamos.

Caridade: É quando a gente está com fome, só tem uma bolacha e reparte.

Carinho: É quando a gente não encontra nenhuma palavra para expressar o que sente e fala com as mãos, colocando o afago em cada dedo.

Ciúme: É quando o coração fica apertado porque não confia em si mesmo.

Cordialidade: É quando amamos muito uma pessoa e tratamos todo mundo da maneira que a tratamos.

Doutrinação: É quando a gente conversa com o Espírito colocando o coração em cada palavra.

Entendimento: É quando um velhinho caminha devagar na nossa frente e a gente estando apressado não reclama.

Evangelho: É um livro que só se lê bem com o coração.

Evolução: É quando a gente está lá na frente e sente vontade de buscar quem ficou para trás.

Fé: É quando a gente diz que vai escalar um Everest e o coração já o considera feito.

Filhos: É quando Deus entrega uma jóia em nossa mão e recomenda cuidá-la.

Fome: É quando o estômago manda um pedido para a boca e ela silencia.

Inimizade: É quando a gente empurra a linha do afeto para bem distante.

Inveja: É quando a gente ainda não descobriu que pode ser mais e melhor do que o outro.

Lágrima: É quando o coração pede aos olhos que falem por ele.

Lealdade: É quando a gente prefere morrer que trair a quem ama.

Mágoa: É um espinho que a gente coloca no coração e se esquece de retirar.

Maldade: É quando arrancamos as asas do anjo que deveríamos ser.

Morte: Quer dizer viagem, transferência ou qualquer coisa com cheiro de eternidade.

Netos: É quando Deus tem pena dos avós e manda anjos para alegrá-los.

Ódio: É quando plantamos trigo o ano todo e estando os pendões maduros a gente queima tudo em um dia.

Orgulho: É quando a gente é uma formiga e quer convencer os outros de que é um elefante.

Paz: É o prêmio de quem cumpre honestamente o dever.

Perdão: É uma alegria que a gente se dá e que pensava que jamais a teria.

Perfume: É quando mesmo de olhos fechados a gente reconhece quem nos faz feliz.

Pessimismo: É quando a gente perde a capacidade de ver em cores.

Preguiça: É quando entra vírus na coragem e ela adoece.

Raiva: É quando colocamos uma muralha no caminho da paz.

Reencarnação: É quando a gente volta para o corpo, esquecido do que fez, para se lembrar do que ainda não fez.

Saudade: É estando longe, sentir vontade de voar, e estando perto, querer parar o tempo.

Sexo: É quando a gente ama tanto que tem vontade de morar dentro do outro.

Simplicidade: É o comportamento de quem começa a ser sábio.

Sinceridade: É quando nos expressamos como se o outro estivesse do outro lado do espelho.

Solidão: É quando estamos cercado por pessoas, mas o coração não vê ninguém por perto.

Supérfluo: É quando a nossa sede precisa de um gole de água e a gente pede um rio inteiro.

Ternura: É quando alguém nos olha e os olhos brilham como duas estrelas.

Vaidade: É quando a gente abdica da nossa essência por outra, geralmente pior.

Saudades

Mas não quero falar de saudade ruim, aquela saudade que machuca, que dói!
Gosto da saudade boa.
Mas tem saudade boa? Claro que tem!
Saudade boa é aquela que desperta um sentimento gostoso de nostalgia. Coisas boas que vivemos e que deixou boas lembranças. Aquela saudade que te faz lembrar, rir e pensar: Bons tempos!
Até o mais insensível dos seres humanos sente saudade!
Saudade boa é quando lembramos da  nossa infância. Amigos que tivemos, férias na roça, correr descalço pela rua, apostar corrida de carrinhos de rolimã e chegar em casa com o corpo todo sujo e ralado, banho de mangueira, banho de chuva… é tudo tão perfeitamente perfeito que até dos tombos e machucados sentimos saudade.
E quem é que não ri lembrando dos tempos da escola? Professores que tivemos, bagunças que fizemos, artes que aprontamos. Eu fui muito arteira. Tenho lembranças e saudade de sobra.
Primeira paquera, primeiro beijo, primeiro namorado, primeiro amor… Primeiro choro por amor. Até isso, depois de superado, desperta nostalgia.
Ah! Quanta saudade!!!
Mas não vou dizer: Eu era feliz e não sabia!
Eu sou feliz!!!
Ainda quero viver muita coisa boa pra poder ter saudade no futuro.
Porque eu tenho saudade do que nem mesmo aconteceu.
Como diria o poeta:
Todo dia de manhã é nostalgia das besteiras que fizemos ontem!

posted under |
Página inicial

Minhas BorboletasƸ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ

Que dia é hoje?

Horas ○◦ઇ‍ઉ◦○

    Ela é mais

    que um sorriso tímido de canto de boca, dos que você sabe que ela soube o que você quis dizer. Ela fala com o coração e sabe que o amor, não é qualquer um que consegue ter. Ela é a sensibilidade de alguém que não entende o que veio fazer nessa vida, mas vive." [Caio F.]

    Meu dever...

    "Eu tenho uma espécie de dever, de dever de sonhar sempre,pois sendo mais do que uma espectadora de mim mesma. Eu tenho que ter o melhor espetáculo que posso. E assim me construo a ouro e sedas,em salas supostas, invento palco,cenário para viver meu sonho entre luzes brandas e músicas invisíveis" [Fernando Pessoa]

    "Meu Deus...

    "Meu Deus...
    não sou muito forte, não tenho muito além de uma certa fé — não sei se em mim, se numa coisa que chamaria de justiça-cósmica ou a-coerência-final-de-todas-as-coisas. Preciso agora da tua mão sobre a minha cabeça. Que eu não perca a capacidade de amar, de ver, de sentir. Que eu continue alerta. Que, se necessário, eu possa ter novamente o impulso do vôo no momento exato. Que eu não me perca, que eu não me fira, que não me firam, que eu não fira ninguém. Livra-me dos poços e dos becos de mim, Senhor. Que meus olhos saibam continuar se alargando sempre(...)" C.F.A

    Pedaços de mim...

    Pedaços de mim...
    "Condenados à felicidade, como se ela fosse um direito constitucional." (Fabrício Carpinejar)

    Imagens○◦ઇ‍ઉ◦○

    Todas as imagens postadas aqui, que estão sem os créditos, foram encontradas pelo google. Como grande parte delas estão sem o nome de seus autores, espero que quem saiba fale, assim poderei dá o devido crédito!

    Outras imagens são tiradas: www.cherrybam.com/
    http://weheartit.com ^^


Recent Comments